Print Friendly, PDF & Email

Perguntei na catequese:
– Qual é a primeira coisa que fazes quando acordas de manhã?
Eu queria motivar as crianças para a oração da manhã, para assim iniciarem o novo dia na companhia de Jesus mas as respostas diversificavam-se:
– Ponho música, tomo o pequeno-almoço, vou para o duche etc.
Uma criança, à laia de brincadeira, sentenciou:
– A primeira coisa que faço é abrir os olhos!
Nem mais. Quem reza abre os olhos, encara a realidade na perspectiva de Deus.

No episódio da cura do cego de Gericó, não sei o que foi mais importante: se a oração que começou por fazer ou a vista que a seguir recuperou.
– Jesus, Filho de David, tem compaixão de mim.
Antes de abrir os olhos da cara, abriu os olhos da fé.
Todos nós somos, em certa medida, cegos. Só pela fé podemos descobrir o sinal da presença de Deus.

E o texto evangélico conclui que logo que recuperou a vista, Bartimeu começou a seguir Jesus pelo caminho e não mais pediu esmola. Quem acorda reza e quem reza acorda. Só assim não irá sozinho pelos caminhos da vida.

 

Pe. José David Quintal Vieira, scj
davidvieira@netmadeira.com