Print Friendly, PDF & Email

O Padre Dehon escreveu muito e sobre várias matérias: narrativas de viagens, estudos de sociologia, meditações e reflexões, directivas aos religiosos, escritos autobiográficos.

O que, em todos os seus escritos, impressiona, logo à primeira vista, é o estilo simples e claro. Não hesita em “tirar o bem onde quer que o encontre” e em citar abundantemente todo o “bom autor”. A sua preocupação é a de conseguir convencer e levar os seus leitores a agir.  Os escritos do Padre Dehon podem ser agrupados segundo estes critérios que nos ajudam a perceber a riqueza e a diversidade do seu pensamento

 

 

Obras Sociais

Com esta expressão pode abranger-se uma série de obras e de artigos publicados, sobretudo, entre 1889 e 1908, versando temas de ordem social, inclusive os que abordam argumentos de pastoral junto dos agentes sociais:

– Manual Social Cristão (l894)

– A Usura no Nosso Tempo (l895)

– Directrizes Político-Sociais do Papa (l897)

– Os Nossos Congressos Sociais (l897)

– Catecismo Social (l898)

– Riqueza, Bem-Estar e Pobreza (l899)

– A Renovação Social Cristã (l900)

– O Plano da Maçonaria (1908)

 

Obras sobre o Coração de Jesus

Além dos escritos publicados na revista O Reino do Coração de Jesus nas almas e nas sociedades, existe um conjunto de livros de meditação, normalmente sobre o Coração de Jesus. que o Padre Dehon foi publicando ao longo de vários anos:

– Exercícios Espirituais com o Coração de Jesus (l896)

– Vida de Amor para com o Coração de Jesus (1901)

– Mês do Coração de Jesus (l903)

– Coroa de Amor ao Coração de Jesus (l905)

– O Coração Sacerdotal de Jesus (l907)

– Amor e Reparação ao Coração de Jesus (l908)

– Ano com o Coração de Jesus (l909)

– Estudos sobre o Coração de Jesus (l922)

 

 

Obras Espirituais

São um conjunto de obras de carácter espiritual com meditações e propostas para alimentar a vida de união a Cristo:

  • Mês de Maria (l900)
  • A Vida Interior: Princípios e Práticas (1919)
  • A Vida Interior facilitada pelos Exercícios Espirituais (l9l9)
  • Um Sacerdote do Coração de Jesus – Padre Rasset (1920)
  • Directório Espiritual (1919). Esta obra foi destinado aos religiosos da Congregação.

 

 

Obras diversas

O Padre Dehon realizou muitas viagens. O objectivo principal era de conhecer e abrir perspectivas de missão para a sua Congregação. O Fundador deixou-nos um conjunto de livros que resumem as suas impressões de algumas dessas viagens. Agrupam-se também aqui o seu interessante diário sobre o Concílio Vaticano I, no qual particicpou como estenógrafo, e as suas perpectivas sobre a educação:

  • Sicília, Calábria e África do Norte
  • Para Além dos Pirineus
  • Mil Léguas pela América do Sul
  • Educação e Ensino segundo o Ideal Cristão
  • Diário do Concílio Vaticano I

 

 

Manuscritos autobiográficos

São cadernos de apontamentos pessoais, que o Padre Dehon escreveu e deixou aos seus religiosos.

Quinze cadernos, com o título “Notas sobre História da Minha Vida”, que são um conjunto de memórias desde a sua infância até 1886.

Quarenta e cinco cadernos de “Notas Quotidianas”, que podem justamente considerar-se o seu Diário, desde Janeiro de 1886 até à sua morte.