Print Friendly, PDF & Email

Atualmente a Província Portuguesa é governado pelo Superior Provincial, coadjuvado por quatro Conselheiros e pelo Secretário, que exerce também as funções de notário.

A parte económica e administrativa está confiada ao Ecónomo Provincial, que juntamente com o Superior Provincial são os representantes legais da Província. As Comissões Provinciais, ligadas aos principais setores pastorais, são órgãos de consulta e de apoio ao Superior Provincial.

A Província Portuguesa tem 15 Comunidades, presididas por um Superior que tem também os seus Conselheiros que colaboram com ele na tomada das decisões mais importantes para a vida da Comunidade. Todos estes cargos de governo da Província e das Comunidades têm a duração máxima de três anos, podendo ser renovados por mais três.