Print Friendly, PDF & Email

Como nos afirma o teólogo e padre João António Pinheiro Teixeira “como os discípulos de Emaús, nós queremos caminhar pela estrada. Temos expectativas, esperanças, mas nas estradas da vida surgem muitas surpresas. É nestas estradas que surge o Jesus que nós, à primeira, não reconhecemos nem acolhemos. Jesus, que é o caminho (cf. Jo 14, 6), nunca deixa de Se aproximar de nós e de caminhar connosco (cf. Lc 24, 15). Jesus é o Deus próximo e o Deus peregrino. Ele é o nosso caminho e a luz que guia os nossos passos em todos os caminhos. É Ele que toma a iniciativa de vir ao nosso encontro”.

Carlos Araújo, scj