Print Friendly, PDF & Email

A Color Pray foi uma tarde em que se pôde ver e sentir – literalmente – a oração. Cada reflexão resultava em uma cor que era adicionada à nossa camisa, assim como cada passo em nossa caminhada de fé, que nos deixa marcas visíveis ao próximo, pelas quais refletimos as graças que um dia recebemos.

Cada cor que era jogada ao alto nos obrigava a olhar ao céu e o vento que carregava aquele pó nos lembrava da presença do sopro do Espírito naquele lugar.

Afinal não somos nós como este pó? Pequenos e imperfeitos, mas ainda assim os escolhidos a dedo pelo Pai para carregar seus dons por onde nos for pedido e tocar quem estiver de peito aberto para nos receber.

Ao fim, houve uma explosão de cores no ar e nos percebemos cheios da Alegria. Sorrisos verdes, abraços laranjas, carinhos roxos. Já não era mais possível perceber de quem vinha cada um dos tons, mas enfim estávamos em comunhão.

Agora, então, não é mais necessário que a física nos explique como as cores são parte concreta da luz. Nós isso vimos, sentimos e rezamos.

Marcela Ciarlini
@universitariosdehonianos

 

 

Flickr Album Gallery Powered By: WP Frank