Print Friendly, PDF & Email

Documentos, Fotos e mensagens.

A celebração do Jubileu dos 50 anos da criação da Província Portuguesa dos Sacerdotes do Coração de Jesus decorreu no Seminário Nossa Senhora de Fátima, em Alfragide, neste dia 27 de Dezembro, como estava previsto. A par desse Jubileu, celebrava-se também os 70 anos de presença Dehoniana em Portugal e os 35 anos de envio dos primeiros missionários para Madagáscar. Os membros da Província que celebravam jubileus de vida ou de consagração também foram homenageados. Além disso, realizou-se também a programada a ordenação de dois novos diáconos da Província.

O programa foi cumprido como estava estabelecido. Tudo começou com uma breve sessão de abertura, realizada no auditório do Seminário, onde o Superior Provincial relembrou os caminhos da missão já percorridos ao longo destas décadas e reavivou os principais motivos da festa, realçando o tom de louvor e ação de graças a Deus que marcariam toda a celebração.

A esta sessão seguiu-se a Eucaristia solene, presidida pelo senhor D. Manuel Clemente, Cardeal-Patriarca de Lisboa, concelebrada pelos três Dehonianos que são bispos da Igreja em Portugal, pelo Superior Geral e pelo Vigário Geral da Congregação, por representantes de diversas Entidades da Congregação, por muitos padres da Província e por vários padres amigos. Durante a celebração da Eucaristia foram ordenados diáconos o Jorge Couto e o Nuno Pacheco. O Cardeal-Patriarca dedicou-nos palavras de reconhecimento e de estímulo na sua homilia e no final da celebração o P. Heiner Wilmer, Superior Geral da Congregação também fez uma breve alocução, num português bem compreendido por todos. Ficamos muito gratos a ambos por tal gentileza.

À Eucaristia seguiu-se um almoço-convívio, com muita gente e muita festa. No decorrer da refeição foram homenageados os jubilados, incluindo a própria Província Portuguesa SCJ. Participaram nas celebrações muitos amigos e membros de outras componentes da Família Dehoniana, para além das famílias e dos conterrâneos dos novos diáconos.

A Comunidade do Seminário foi inexcedível no acolhimento fraterno e na dedicação e todos saíram de Alfragide muito satisfeitos e gratos por tamanho esforço. Encerra-se este jubileu e outros começam: o Centenário das Aparições de Fátima e os 50 anos da criação do Seminário Nossa Senhora de Fátima. Os sentimentos são os mesmos: louvamos e agradecemos ao Senhor, por intercessão de Maria, a abundância de graças e dons que vamos recebendo.

P. José Agostinho Sousa     


DOCUMENTOS

 

VIDEOS

Reportagem do Programa ECCLESIA

 

Entrevista do padre José Agostinho de Sousa ao Programa ECCLESIA

 

Mensagem do Superior Provincial, padre José Agostinho


 

FOTOS

50 Anos Da Província Portuguesa E Ordenações Diaconais

Flickr Album Gallery Powered By: Weblizar