Natal de Esperança e de Luz

Celebrar o Natal é contemplar o mistério de Deus Menino que vem ao nosso encontro, ontem, hoje e sempre; é acolher a Palavra encarnada, verdade e amor para toda a Humanidade. Natal é luz que se levanta e brilha em todos os corações, é paz que se acolhe, é bênção que se partilha, é fraternidade que se comunga.

É com este espírito que somos convidados a viver mais um Natal, para que na nossa vida e na vida de todos os nossos irmãos e irmãs possa renascer a esperança e reinar a partilha e a solidariedade. O nosso Natal será de luz e de verdade se formos capazes de sair de nós próprios para irmos ao encontro de todos os nossos irmãos, especialmente dos mais necessitados e fragilizados, dos que mais sofrem, dos que vivem angustiados, sós, abandonados ou marginalizados.

A contemplação do rosto simples e humilde do Menino de Belém deve levar-nos a reconhecer a sua presença no rosto de todos e cada um dos nossos irmãos e irmãs, particularmente dos que estão mais carenciados do nosso carinho e da nossa ternura. Que Deus Menino nos conceda o dom de sermos uns para os outros sinais de renovada esperança, de amor, dedicação e serviço, para que aconteça Natal em todos os corações.

Que Deus Menino conceda a abundância das suas graças a todos os nossos confrades, familiares, amigos e benfeitores. Santo e Feliz Natal!

P. José Agostinho Sousa scj
superior provincial