Print Friendly, PDF & Email

No passado domingo realizou-se o terceiro encontro de coros no Seminário Missionário Pe. Dehon, com a organização do grupo coral residente tendo como foco principal a devoção a Nossa Senhora, neste ano de 2017 – Ano Mariano.

Participou neste encontro,  sob a direcção de Ricardo Fernandes, o grupo coral de Santa Cecília da paróquia de São Tiago de Custóias, o grupo coral do Seminário Pe. Dehon, dirigido por Vânia Castro e Regina Branco e também o grupo Spiritus, cujo mentor é o Pe. Antonino.

Podemos também contar com a presença da Drª Carla Ferreira, representante da Câmara Municipal de Gondomar, do Sr. David Tavares representante da junta de freguesia de Fânzeres e S.Pedro da Cova, do Pe. Loureiro, superior do Seminário e também de uma vasta assembleia.

Foi um encontro onde os diversos intervenientes poderam trocar as suas diferentes experiências musicais e, em jeito de convívio, no final reuniram-se, juntamente com a assembleia, na sala do refeitório  para confraternizar com um recheado lanche.

Regina Branco

 

A este propósito:

O Pe. Gonçalo Portocarrero de Almada diz o seguinte na sua nota introdutória numa publicação de música sacra:

Tiago, na conclusão da sua epístola, escreve: “Está triste ou sofre algum de Vós? Faça oração. Está alegre? Cante salmos.”

O facto do cântico litúrgico ser equiparado à oração permite afirmar, sem exagero, que a prática coral não é apenas mais uma forma cultural, mas a expressão mais própria da alegria Cristã.

Com efeito, se todas as celebrações litúrgicas convergem, de algum modo, para o anúncio festivo da ressurreição do Senhor, que inunda de gáudio o templo de Deus e todo o orbe, então o cântico deve ser tido como a expressão mais própria e adequada desse júbilo Pascal.

Neste mesmo sentido, como é sabido, Agostinho de Hipona afirmou que, quem canta reza duas vezes.

É significativo também que o próprio reino dos céus seja tantas vezes apresentado como uma festa ou banquete, onde não faltam a música e os coros.

Irmão, cantor ou músico: canta a plenos pulmões as misericórdias do Senhor! Mas não cantes apenas com a tua boca, nem com a tua voz. Canta com o teu coração, canta com a alegria que te vai na alma em graça, canta com a tua razão iluminada pela fé! Canta, sobretudo, com a tua vida Cristã.

 

Encontro De Coros No Seminário Missionário Pe. Dehon

Flickr Album Gallery Powered By: Weblizar