Print Friendly, PDF & Email

▬ O mês de Maio é marcado por muitas actividades e por muitos encontros na nossa comunidade. Há as actividades habituais, sobretudo de índole pastoral, em que estão envolvidos os membros da nossa comunidade: actividades nas Paróquias, acções desenvolvidas pela ALVD e pela Juventude Dehoniana, encontros, conferências, retiros, seminários, concertos… E há actividades e encontros mais marcantes, que vale a pena recordar.

Passeio anual
Começou bem o mês de Maio para a comunidade, com a realização do tradicional passeio anual. Nem todo puderam participar, porque havia gente com compromissos assumidos a que não podiam faltar. Mas foi quem pôde; e quem foi, não deu por mal empregue o tempo. Este ano o desafio foi partir à descoberta de alguns recantos mais típicos do nosso país. A zona de Idanha-a-Nova, as aldeias de Monsanto e de Penha Garcia, tudo foi passado a pente fino. As paisagens eram deslumbrantes, o ambiente extremamente acolhedor, a inspirar enorme paz e a despertar autênticos hinos ao Criador… para mais tarde recordar!

Festa dos benfeitores
É já um “clássico” da nossa casa. Todos os anos se realiza a festa dos amigos e benfeitores deste Seminário. Procuramos que tal aconteça no Domingo a seguir ao dia 13 de Maio, festa de Nossa Senhora de Fátima. Este ano ocorreu a 17 de Maio. Receávamos que a afluência fosse bem menor do que o habitual, por coincidir com os 50 anos do monumento ao Cristo Rei. Os receios não se confirmaram, porque foram muitos os amigos e benfeitores que responderam positivamente ao nosso convite. Foi um dia de agradável convívio, de celebração, de festa e de gratidão. Como vem sendo hábito nos últimos anos, veio um grande número de benfeitores do Algarve: já não dispensam a vinda anual ao Seminário Nossa Senhora de Fátima.

Torneio “Jesus Nika”
Dado o sucesso do ano passado, este ano voltou a realizar no nosso estádio o torneio de futebol “Jesus Nika”. Nele participaram diversas equipas, provenientes dos outros Seminários e residências de religiosos, bem como alguns leigos que frequentam a Universidade Católica. Já se sabe que o mais importante destes eventos não é ganhar, mas também se ganha, e sabe bem. A grande final realizou-se a 20 de Maio e o grande vencedor foi, mais uma vez, o Seminário dos Olivais, que assim se sagrou bicampeão do torneio. Parabéns aos vencedores, obrigado a todos os vencidos que participaram. Para trás fica sobretudo uma feliz jornada de convívio e confraternização, a que se associaram muitos amigos e até patrocinadores. Um obrigado especial aos que mais trabalharam na organização de tão significativo evento.

Encontro de ex-scj
O último Domingo de Maio também já está reservado de antemão para o encontro dos ex-scj. Este ano vieram em menor número. Tínhamos a concorrência de peso da realização da final da Taça de Portugal aqui bem perto e a solicitação de Primeiras Comunhões, Profissões de Fé e outras festas paroquiais. Poucos, mas bons, dizia alguém. E foi verdade, a avaliar pela jornada de alegre convívio, de celebração e de sã memória que se proporcionou. Dá sempre para recordar os “bons velhos tempos”, para se partilhar acerca da vida da Província Portuguesa e da Congregação, das Missões e da Família Dehoniana. Deu até para a realização de um clássico: o jogo do loto! E nem sequer faltou o futebol: o jogado, no nosso belo estádio, pese embora as pernas entorpecidas e as barriguinhas proeminentes; o televisionado, com transmissão directa da final da Taça, que os mais aficionados não quiseram perder. Para o ano há mais, talvez numa data mais propícia, sugeriram alguns.

Medalha de mérito, grau Ouro
Não diz directamente respeito a nenhum dos membros da nossa comunidade, mas apraz-nos registar a atribuição da medalha de mérito, grau ouro, pela Câmara Municipal de Oeiras ao nosso confrade Padre Alexandre Santos, pelo trabalho por este desenvolvido na Paróquia de Queijas. Sendo o Padre Alexandre membro da comunidade Dehoniana de Carnaxide, paredes-meias com a nossa, não podíamos deixar de estar presentes em evento tão significativo, integrado nas comemorações dos 250 anos do Concelho de Oeiras. Fomos lá ver, aplaudir e registar para a posteridade. Nenhum de nós trabalha para receber medalhas, mas é sempre agradável ver o trabalho de um confrade devidamente reconhecido e apreciado. Parabéns, Padre Alexandre!

Assim vai a vida por Alfragide. Maio já está para trás. O mês de Junho avança, marcado pela celebração da Solenidade do Coração de Jesus, que se aproxima, e também dos exames que se vão sucedendo na Universidade Católica. Boa sorte, estudiosos.

» José Agostinho Sousa, scj