Print Friendly, PDF & Email

Uma das preocupações da Província, desde os primeiros anos, foi a de preparar Dehonianos qualificadas para o ensino da Filosofia e da Teologia nas escolas de teologia de Portugal, colaborando, assim, na formação científica dos alunos destes ramos do saber. Ao longo destes 50 anos da Província, têm sido vários os Dehonianos a ensinar na Universidade Católica Portuguesa, de Lisboa, Porto e Braga e também no estrangeiro, na Universidade Católica de Nampula (Moçambique).

Aliado a este serviço eclesial da formação do clero, e não só, tão querido ao Padre Dehon, está também o estímulo à especialização dos Dehonianos em áreas específicas do saber e da ação pastoral. Nestes anos, tem-se fomentado a especialização dos religiosos Dehonianos nas universidades de Salamanca, Madrid, Paris, Bruxelas, Freiburgo, Roma…

Em íntima conexão com o ambiente académico está também a Pastoral Universitária na qual a Província está a dar os primeiros passos, com várias iniciativas e projetos dirigidos aos estudantes universitários,  no Porto, em Coimbra, em Lisboa e em Ponta Delgada.