Print Friendly, PDF & Email

A formação no noviciado continua. Na semana de 15 à 22 de Fevereiro, decorreu em Aveiro mais um Encontro Ibérico de Noviços Dehonianos.

Os dois Noviços da Venezuela, que fazem o noviciado em Salamanca, dirigiram-se a Aveiro com o Pe. Ramón, Mestre de Noviços da Província Espanhola, acompanhados ainda pelo Pe. Emílio para partilharem vida e formação com a comunidade da Casa do Sagrado Coração, durante essa semana.

Nestes dias os Noviços tiveram formação com base no tema: “Introdução aos Votos”. Assim começámos a entender melhor os compromissos que faremos no fim deste ano, com o qual iniciaremos a nossa consagração na vida religiosa. Daí a importância em serem bem aprofundados ao longo do noviciado. Este encontro serviu para introduzir este tema, que será aprofundado em cada noviciado.

Na segunda-feira, o Pe. Nélio Gouveia, da comunidade do Centro Dehoniano no Porto, falou da visão e fundamentação Bíblica dos Conselhos Evangélicos. Na terça-feira o Superior Provincial, Pe. Zeferino, falou-nos dos votos na Vida Consagrada (Exortação Apostólica de João Paulo II)Na quarta-feira, o Pe. Armando, Mestre de Noviços em Portugal, apresentou a história dos votos e a visão do Padre Dehon sobre votos, a partir dos Cahiers Falleur. Na quinta-feira, no Centro de Espiritualidade Betânia, o Pe. Francisco Costa apresentou a espiritualidade dos Conselhos Evangélicos. Na sexta-feira, o Pe. António Loureiro, da comunidade do Seminário Missionário Padre Dehon, falou-nos da visão antropológica dos votos.

Para enriquecer a semana de formação, os Noviços participaram ao longo da semana em três atividades de pastoral. Na segunda-feira, com Pe. João Gonçalves, padre da diocese de Aveiro, foram à prisão de Aveiro participar na Celebração da Palavra com os reclusos. No sábado à tarde os Noviços venezuelanos juntaram-se ao Noviço português, Filipe, na catequese da paróquia de Esgueira e, à noite, foram participar na “Ceia com Calor”, distribuindo alimentos aos sem abrigo e aos mais necessitados da cidade de Aveiro.

Além da formação intelectual e espiritual, tivemos ainda tempo para visitar o Museu do Caramulo e subir ao Caramulinho, na terça-feira à tarde.

No sábado de manhã, juntamente com os Postulantes que, em retiro primeiro, e fazendo comunidade depois, se juntaram a nós, visitámos a cidade de Aveiro, dando-a a conhecer melhor aos Noviços venezuelanos. De regresso ao noviciado para o almoço, tivemos uma saborosa espetada que saciou os nossos estômagos…

Este encontro acabou depois do almoço de domingo com o regresso dos Noviços venezuelanos e o seu Mestre a Salamanca e os Postulantes à casa de Postulantado situada no Porto.

 

Filipe André, Noviço Dehoniano