Após 13 meses de estadia na Casa do Sagrado Coração de Jesus, com estudos, conferências, oração, trabalhos, exercício de vida comunitária, discernimento, escolha, pedido e aceitação do mesmo por parte do Superior Provincial e do seu Conselho… chegou o dia!
Chegou…. E com uma semana de antecedência. De facto, na semana anterior ao dia 9 de Setembro já fervilhava a festa. Nos corredores, nos jardins, na cozinha… era necessário preparar tudo para a Primeira Profissão religiosa dos nossos jovens.

E chegou o Domingo!

E com ele, a partir do início da tarde, chegaram também os familiares, os confrades, alguns amigos. Foi com a casa, as pessoas e os corações engalanados de festa que fomos recebendo todos estes irmãos que vinham partilhar este dia de alegria da Casa do Sagrado Coração Eucaristia, presidida pelo Pe. Zeferino Policarpo, Superior Provincial, e concelebrada por mais de 20 sacerdotes.

Na assembleia os confrades de Alfragide animavam com cânticos apropriados a tão grande momento. Também entre os familiares e amigos não faltava a participação emocionada, alegre e ansiosa na celebração que ía decorrendo… No momento mais íntimo da Profissão religiosa não faltaram as lágrimas que não conseguiram calar a emoção vivida. Louvado seja Deus! Ainda há jovens generosos, dispostos a apostar a vida toda consagrando-a a Deus e aos irmãos.

A alegria continuou. À volta da mesa pudemos partilhar a amizade e a fraternidade. Éramos cerca de 70 pessoas. O convívio e a boa disposição reinaram.

Na certeza da união fraterna e amiga que continua, foi preciso o regresso às comunidades, às terras e às famílias.
Foi com o coração cheio de alegria que vimos aproximar-se o fim desta meta que deixou caminho aberto para percorrer os caminhos da vida em busca de novas metas.

Parabéns aos dois neo-professos, o Joaquim e o Tiago.

A família religiosa dehoniana recebeu-vos como novos irmãos. A fidelidade a Deus seja o motivo diário do vosso empenho!

Armando Vieira, scj