Print Friendly, PDF & Email

A festa de encerramento das atividades missionárias 2919/2020, no Centro Espiritualidade de Betânia, a 26 de Julho, foi um dia muito agradável, onde senti muita tranquilidade e muita paz.

Apesar do cumprimento obrigatório das regras de segurança para covid-19, tudo decorreu de forma muito tranquila e serena, desde as banquinhas de vendas estrategicamente colocadas pela quinta que nos proporcionou desde logo pela manhã um passeio pela mesma, onde pudemos contemplar as maravilhas do Criador. Eram 12h00, tocava o sino para a oração do Angelus. Mas este era diferente e especial, porque foi recitado por todos os presentes que, divididos pelas cores missionárias, orientaram este momento de oração. Recordámos o apelo de Deus a Maria para ser Mãe de Jesus e o seu consequente “Sim”…e Jesus encarnou e habitou entre nós, Após este momento, retemperámos as forças com um almoço, como obrigam as regras de segurança, espalhados pela quinta. Houve muito tempo de convívio amigo e fraterno. Pelas 16h00 houve um pequeno momento musical, onde fomos convidados a recordar algumas músicas cristãs, momento esse animado pelo nosso orientador espiritual, P. Igor. O ponto mais alto desta festa foi a celebração da Santa Missa, presidida pelo superior provincial, P. José Agostinho, que na sua homilia fez referência à importância do dom da sabedoria para encontrar o reino de Deus que é como um tesouro escondido para que o possamos procurar com toda a intensidade do nosso coração. É preciso pois renunciar a tantas coisas que não prestam. Fez também referência ao dia dos avós e foi-nos oferecida uma lembrança alusiva a eles.

Concluiu este maravilhoso dia o lançamento oficial da Campanha “Luz para Luena”. Um projeto tão necessário para este povo Angolano, nessa comunidade Dehoniana. Poderão obter mais informações no Facebook do SAM – Dehonianos. Todos somos missionários e todos devemos contribuir para esta tão nobre causa.

O nosso dia terminou com muita alegria e esperança que tudo voltará a ficar bem e na certeza que continuamos unidos a rezar pelas missões.

Fernanda Vasconcelos, grupo missionário de Rio de Galinhas, Marco de Canaveses