Print Friendly, PDF & Email

No passado dia 26 de Julho de 2020, na bela Igreja Matriz de São Jorge (Madeira), o Pe. Manuel Chícharo celebrou as Bodas de Ouro da sua Primeira Missa.

Foi um dia de festa e de louvor deste filho da terra que há 50 anos celebrava a sua Primeira Missa nesta mesma Igreja.

Uma celebração muito linda e digna, dada a circunstância actual em que vivemos, que contou com a presença da sua família e com a presença das comunidades dehonianas da Madeira, assim como da comunidade paroquial de São Jorge.

À sua chegada muitas pessoas interpelavam o Pe. Manuel Chícharo com os votos de felicitações e recordando essa missa nova de há 50 anos atrás. Depois de uma passagem pela Junta de Freguesia, onde o executivo local deu as felicitações ao festejado e entregou algumas recordações da freguesia, seguimos para a igreja, onde decorreu a celebração.

Da celebração há que destacar alguns momentos muito significativos.

Em primeiro lugar, na entrada na Igreja, houve um primeiro momento de homenagem na pia batismal onde começou a sua vida cristã, acompanhado por um filho do seu padrinho de batismo.

Nesta mesma celebração, durante a homilia, o Pe. Manuel recordou e destacou essa Primeira Missa em 1970, falando da sua família, dos seus pais que o ajudaram a crescer na fé, dos párocos que o foram ajudando na sua caminhada vocacional até o momento actual.

No final da Eucaristia deram-se os habituas agradecimentos e felicitações com a intervenção do Pe. Ronald, pároco da freguesia, o Pe. Bernardino Trindade, em nome dos dehonianos, e com uma mensagem enviada por um grupo de leigos da Igreja do Loreto, que quiseram manifestar a sua presença neste momento de acção de graças.

No final da Eucaristia houve a entrega de uma pagela feita para a ocasião a todos os que participaram nesta celebração.

Fica o agradecimento à comunidade paroquial, na pessoa do seu pároco, por acolher e promover esta iniciativa tão bem preparada e vivida, aos confrades dehonianos que puderam estar presentes com a sua amizade e cordialidade, e à sua família.

Não fostes vós que Me escolhestes fui Eu que vos escolhi. ( Jo. 15, 16)

Escolhido de entre os homens é constituído a favor dos homens nas coisas que se referem a Deus. (Heb. 5, 1)

São Jorge, 26 de Julho de 2020

Pe. Juan Noite, scj

 

PS. Para ver mais fotos do evento poderão aceder à página de facebook da paróquia de São Jorge (Igreja Matriz de São Jorge)