A Assembleia Territorial constitui sempre um momento importante da presença dehoniana em Angola. Por isso, todos os missionários deixam os seus afazeres para estarem presentes. A Assembleia começou no passado dia 9 de Março com as palavras de abertura do Superior Maior e leitura da Mensagem que o Superior Geral dirigiu aos participantes. De seguida foram apresentados os relatórios das três comunidades comunidades dehonianas em Angola (Viana,Luau, Luena), e os relatórios da economia e da formação. Estas apresentações ocuparam todo o primeiro dia de trabalhos.

No segundo dia, 10 de Março, por grupos, reflectimos sobre as luzes e sombras da vida da Comunidade Territorial de Angola e definimos as estratégias de acção para os próximos tempos.

O terceiro dia, 11 de Março, foi dedicado ao debate e aprofundamento de alguns temas: o plano da formação, o projecto apostólico, a autossustentabilidade,… A discussão sobre Directório do Distrito ocupou atarde deste dia. O Directório foi aprovado na generalidade. A aprovação final será feita na Assembleia do próximo ano.

O último dia de trabalhos, 12 de Março, foi dedicado a abordar assuntos práticos, partilhar algumas informações e proceder à leitura e aprovação das conclusões da Assembleia Territorial. O Superior Maior presidiu à Eucaristia de encerramento.

Esta Assembleia serviu também para fortalecer os laços fraternos entre os missionários, tendo em conta que nem todos se conheciam bem, porque durante o ano de 2010 chegaram a Angola 6 novos missionários dehonianos. Para favorecer esse conhecimento mútuo, na sexta-feira após o jantar houve um convívio onde cada qual contou a sua vida e milagres e fez a apresentação da sua Província. De notar que em Angola estão missionários de 5 Províncias distintas: Moçambique, Camarões, Brasil Central, Itália do Norte e Portugal.

Outro momento a destacar desta Assembleia foi a presença do bispo desta diocese (Viana), D. Joaquim Lopes, que presidiu à Eucaristia da sexta-feira e almoçou connosco.

Concluímos a Assembleia em agradável convívio no sábado à noite, com a presença dos 9 seminaristas da Casa Padre Dehon. Os nossos confrades brasileiros prepararam um churrasco como convém a que se seguiram alguns jogos para animar a malta e o indispensável karaoke…

Zeferino Policarpo, scj