Print Friendly, PDF & Email

Estamos a chegar ao fim da nossa estada aqui em Bruxelas, terminando assim esta experiência de preparação conjunta para a Profissão Perpétua. Agora será o longo regresso a Portugal, com passagens por Paris, Lourdes e Salamanca.
Esta última etapa de preparação teve uma componente cultural mais forte, não estivéssemos nós na cidade de quase todos os organismos da União Europeia. O excelente acolhimento da nossa comunidade deu também para nos proporcionar visitas aos locais mais significativos da cidade, como a Basílica do Sagrado Coração de Jesus, a Catedral, a Grande Praça, a famosa fonte do menino e, claro, os edifícios da União Europeia.
O tema de formação – que também o houve – foi a nossa espiritualidade e seus grandes pilares. O Pe. Joseph Famerée orientou os encontros, falando-nos de Amor, Oblação e Reparação, do Coração de Jesus e da Eucaristia. Foi óptima oportunidade para aprofundar a reflexão acerca de tão importantes componentes da nossa espiritualidade.
A muitos quilómetros da nossa vida de todos os dias, sentimo-nos verdadeiramente em casa, para o que muito contribuiu o facto de ser a cozinheira da comunidade uma portuguesa da Régua. É também muito fácil ouvir-se falar português em algumas zonas da cidade, onde também não faltam os estabelecimentos comerciais lusos, nomeadamente cafés.
Valeu a pena! É este o sentimento com que partimos, ao terminarmos esta etapa de formação. Como bem espelha a mensagem que daqui enviámos ao Superior Geral e aos respectivos Superiores Provinciais, estes encontros são importantes para uma maior identificação com a Congregação e um melhor conhecimento do Carisma que herdámos e anima a nossa consagração. Ficámos sobretudo mais sensibilizados para o necessário compromisso na Missão e na sociedade a que pertencemos, procurando ajudar a superar dificuldades e injustiças.
Apetece dizer um obrigado a quantos nos proporcionaram esta experiência, a começar pelo Senhor Deus, que tão boas dádivas nos concede.

| José Agostinho F. Sousa, scj |