No passado dia 25 de julho, o Centro de Espiritualidade de Betânia, foi o local escolhido para o “Encontro e Reencontro” dos Grupos Missionários neste ano marcado pela pandemia.

Cumprindo todas as regras de segurança, nesta “Casa dos Amigos de Jesus”, Betânia – todos se sentiram bem e acolhidos pela natureza – uma presença sempre viva!

Na parte da manhã, o Pe. Luciano, missionário em Moçambique, com o seu testemunho, partilhou a sua experiência, cujo desafio diário é acompanhar e ensinar as comunidades a crescer nas pequenas coisas, tal como referiu: “não dar o peixe, mas sim, a cana para ensinar a pescar”.

Por volta do meio dia rezamos a oração do Ângelus onde fomos convidados a meditar nas três virtudes teologais. Obedecendo às regras em vigor da DGS, seguindo-se o almoço take away, que embora a chuva ameaçasse querer complicar este momento, tudo se resolveu da melhor forma. Tudo muito bem preparado e organizado e saboroso!

Da parte da tarde, fomos brindados com um agradável momento musical, oferecido pelo Pe Igor Oliveira, um concerto musical de meditação, onde os participantes foram convidados a meditar e a cantar formando ali um bonito coro com cerca de 300 pessoas.

Antes da Eucaristia foi também lançado o Calendário Missionário para o Ano 2022, este ano com a forma de África e com atividades para quem o adquirir.

Concluímos o dia com a Eucaristia às 17h00, presidida pelo Pe Amaro Vieira, missionário em Angola, que partilhou as dificuldades acrescidas em tempo de pandemia, neste país de missão. Foi um momento celebrativo e de grande envolvência de todos os participantes, ajudados também pelos grupos corais de Cristelo e de Duas Igrejas.

“Enviado em Missão…” , era o refrão do cântico final. Embora a letra nos recordasse que era para Moçambique ou Angola; para nós não era assim para tão distante, mas um regressar a nossas casas de e com coração cheio.

Madalena Teixeira e Albertina Ribeiro

Grupo Missionário de Sobrosa