Print Friendly, PDF & Email

Após a última crónica resolvemos enviar mais alguns dados relevantes do trabalho. Desta vez preferimos contratar um Mestre-Professor em biblioteca Humanos (RR HH): Alfonso da ESIC. Explicou-nos como recrutar pessoal para as nossas empresas (comunidades SCJ) e como planificar, organizar e motivar (confrades). RR HH foi tema de estudo desde segunda e terminará quinta ao almoço. Ontem, a tarde foi ocupada com apresentações de economias: O Pe. Aquilino apresentou na íntegra a situação económica da Cúria Geral. As contas da Cúria foram apresentadas com os números reais para sensibilizar os presentes a uma maior colaboração com o Governo Geral. Também disse que o conhecimento dos elementos económicos são importantes para a participação de todos na vida das comunidades. Seguiu-se a apresentação das economias por parte dos participantes. Deram o pontapé de saída a Região da Venezuela e a Missão do Equador. O dia terminou com música popular espanhola nos átrios do seminário. O grupo que actuou foi convidado pelos 120 professores que ao longo desta semana se encontram no Seminário de Salamanca em congresso.
Hoje continuámos com os RR HH na parte da manhã e durante a tarde continuou a apresentação da economia das Províncias presentes: Portugal ilustrou, de modo gráfico, a situação económica e focou de modo particular o empenho da Província LU na remodelação do Centro Dehoniano e do Seminário de Alfragide.
Seguidamente, o Pe. Domingos apresentou a Missão de Angola, desde a origem até ao momento actual, dando enfoque à colaboração da Congregação no projecto de Angola. Seguiram-se as apresentações de Moçambique e da Argentina.
Para informação, é bom saberem que às 7:45h da manhã encontramo-nos na capela para Laudes e Eucaristia e às 19:50h para Adoração e Vésperas. O dia termina com jantar às 20:30h. Trabalhos das 9h às 13h e das 16h às 19. Como vedes, não nos deixam brincar em serviço.

Um abraço e bom trabalho.

| Manuel Chicharo, scj – Manuel Domingos, scj |

PS: o grupo do Pe. António e Pe. Domingos começou hoje a planificar uma fábrica de velas. A ver vamos se no fim do curso o projecto será rentável, a curto ou a longo prazo.