Print Friendly, PDF & Email

Curso nacional: Depois do encontro com os pais dos noviços, no dia de Reis, seguiu-se o curso nacional, em Fátima, de 4 a 7 de Janeiro, subordinado ao tema: “Afectividade e vida consagrada”. No dia 10, a vida retomou o seu ritmo normal, com o estudo sobre a História da Vida Religiosa, e as outras actividades normais.
Visita: No dia 15 de Janeiro passou pela comunidade o Pe. André Perroux, do Centro Geral de Estudos. Agradecemos.
Missionário: No dia 21 recebemos a visita do Pe. José Diomário Gonçalves, missionário em Moçambique, há 41 anos, que nos falou da sua experiência com entusiasmo. Obrigado, Pe. José!
Aniversário: No dia 23 celebrámos jubilosos os 70 anos do Pe. Sérgio Filippi, ecónomo e secretário da comunidade. Parabéns!
Ricardo Rocha: O noviço Ricardo Rocha resolveu dar outra orientação à sua vida, regressando a casa dos pais.
Despedida: No dia 25 passou a despedir-se da comunidade o Pe. Jorge Alves, que partiu para Angola como missionário.
Lausperene: De boa vontade aderimos à iniciativa do nosso Bispo, unindo-nos a todos os que nas diversas paróquias e comunidades religiosas da Diocese querem, com esse gesto, assinalar o Ano da Eucaristia. Coube-nos fazer o lausperene no dia 25.
Primeira Missa: No dia 27 veio celebrar missa na comunidade o recém-ordenado Pe. Rui Barnabé, sacerdote diocesano, vigário paroquial em Esgueira.
Dia do Consagrado: A 2 de Fevereiro, festa da Apresentação do Senhor, assinalámos o “Dia do Consagrado”, e começámos o estudo da Teologia da Vida Consagrada.
Passeio: A segunda-feira de Carnaval foi dia de passeio. Noviços e Mestre saíram de manhã cedo, com o respectivo farnel, para um longo, divertido e cultural passeio a Lamego, Ucanha, S. João de Tarouca, Senhora da Lapa, Trancoso, Linhares da Beira e Viseu. Quis a Providência que tivesse caído, durante a noite, um forte nevão. A partir de Castro Daire, sucederam-se lindíssimas paisagens de neve. As batalhas com bolas de neve começaram logo na principal avenida de Lamego e na escadaria do santuário de Nossa Senhora dos Remédios, continuando na Lapa, sobretudo quando nos deslocamos a visitar a nascente do rio Vouga, e no castelo de Trancoso.
Carnaval: O dia de Carnaval, foi destinado a preparar o tempo da Quaresma e à adoração. Das 13 às 19 horas, unimos a Cristo orante no Jardim das Oliveiras, fazendo adoração. E, para nos despedirmos do tempo comum, a pé até ao Fórum. Depois de breve convívio, regressamos a casa. A partir da estação dos caminhos de ferro, rezamos o terço em pequenos grupos, como é costume, quando se dá a voltinha higiénica da noite.
Quaresma: Já aí está! Até outro dia!

| Fernando Fonseca, scj |