Print Friendly, PDF & Email

No passado Domingo, 12 de Julho, a Igreja Portucalense acolheu, na sua Sé Catedral mais seis novos Presbíteros, entre o quais o José Joaquim, da nossa Província Portuguesa dos Sacerdotes do Coração de Jesus.

Foi numa celebração condicionada, mas repleta de afeto pelos muitos que de coração nela participaram, que o nosso confrade José Joaquim recebeu o segundo grau da ordem conferido pelo Bispo Auxiliar do Porto, D. Vitorino Soares, presidente da celebração, uma vez que D. Manuel Linda, Bispo do Porto, estava impossibilitado de participar, por se encontrar em isolamento profilático, devido à pandemia de COVID-19. Marcada para as 16h, a celebração revestiu-se de uma beleza invulgar pois nela se reuniram Diáconos, Presbíteros, Bispos e familiares para acolherem três novos diáconos e seis novos sacerdotes. No final da celebração da Eucaristia, D. Vitorino Soares, dirigindo-se aos novos ordenados, manifestou uma profunda gratidão a Deus pelo dom que cada um deles é para a Igreja e para a sociedade.

Após as saudações da praxe, necessariamente contidas, e algumas fotos com as vestes sacerdotais, o Padre José Joaquim, com a sua família mais próxima e os confrades presentes na celebração (apenas 4) dirigiu-se para o Seminário Missionário Padre Dehon para o jantar de festa que a comunidade e os antigos alunos do mesmo Seminário tão bem prepararam. Mais uma vez os presentes puderam festejar o grande dom e a grande emoção de termos mais um sacerdote para a missão da Província nesta Igreja que somos. No habitual discurso do nosso provincial, Padre José Agostinho, não faltou uma palavra de gratidão a Deus, ao Neo-sacerdote, à sua família, a todos os que acompanharam o José Joaquim na sua caminhada até este momento e aos que prepararam aquele momento festivo. Por sua vez, o Padre José Joaquim aproveitou o ensejo para lembrar todos aqueles que foram construindo o seu percurso desde o Padre Feliciano que o convidou a vir ao Seminário até à sua comunidade atual, sem esquecer colegas e formadores.

Foi um dia grande e belo para toda a Família Dehoniana não só pela graça de um novo sacerdote mas, e sobretudo, pela graça de uma vida totalmente dedicada a um projeto iniciado pelo Padre Leão Dehon e concretizado em cada Religioso que procura, pela palavra e pela ação, ser uma bênção para o seus semelhantes.

Na Segunda – Feira, dia 13, em jeito de ação de graças, o Padre José Joaquim celebrou a sua primeira Missa na Comunidade de Betânia, onde participou a sua família mais próxima, o seu Pároco, o seu colega de Noviciado bem como os confrades da comunidade de Betânia. Foi um momento de rara beleza e recheado de muita emoção pois, também nesse dia, os seus pais renovaram as promessas matrimoniais numa Eucaristia presidida pelo seu filho, Padre José Joaquim.

Tiago da Eira Pereira, SCJ

 

Ordenações 2020