Print Friendly, PDF & Email

O Pe. José Ornelas Carvalho, actual Superior Provincial dos dehonianos em Portugal, foi chamado a desempenhar o cargo por mais três anos. O decreto de nomeação foi publicado na tarde do dia 1 de Abril, em Roma, pelo Superior Geral da Congregação dos Sacerdotes do Coração de Jesus, depois de ouvir os membros do Conselho Geral. O processo para a escolha Superior Provincial foi sido iniciado no passado mês de Janeiro com uma primeira consulta a todos os membros da Província. Numa segunda fase procedeu-se à votação propriamente dita, sendo o boletim de voto enviado directamente para o Governo Geral da Congregação, que depois procedeu ao escrutínio e nomeação.

O Pe. José Ornelas, filho de António Tomás Carvalho e de Benvinda de Ornelas, é natural do Porto da Cruz (Madeira), onde nasceu a 5 de Janeiro de 1954. A sua caminhada vocacional iniciou-se em 1964, com a entrada no Seminário Diocesano do Funchal. O discernimento vocacional levou-o a deixar o Seminário Diocesano, em 1967, e a entrar no Colégio Missionário, seminário menor dos dehonianos, no Funchal. De 1969 a 1971 realiza os estudos secundários no Instituto Missionário, em Coimbra. No ano seguinte faz o noviciado na Casa Sagrado Coração, em Aveiro e emite a Profissão Religiosa a 29 de Setembro de 1972. Depois de dois anos de estudos filosóficos em Lisboa, parte para Moçambique onde realiza o estágio missionário. Em 1976 regressa a Lisboa para continuar os estudos teológicos. Faz a Profissão Perpétua a 23 de Setembro de 1977. Terminado o estudo da Teologia, em 1979, na Universidade Católica Portuguesa, segue para Roma a fim de se especializar na área bíblica. Frequenta o Pontifício Instituto Bíblico e, mais tarde, a Universidade Hebraica de Jerusalém. A 9 de Agosto de 1981 é ordenado sacerdote. Em 1983 regressa a Portugal, trabalhando como formador dos jovens religiosos, no Seminário Nª Srª de Fátima, professor na Universidade Católica Portuguesa e Secretário da Faculdade de Teologia até 1991. De 1992 a 1997 realiza a investigação para o doutoramento, em Frankfurt, na Alemanha. A 17 de Julho de 1997 faz o Doutoramento em Teologia Bíblica, na Universidade Católica Portuguesa. Retoma novamente o ensino universitário, e, ao mesmo tempo, é também formador no Seminário Nª Srª de Fátima. Foi por duas vezes Conselheiro Provincial (de 1985-1988 e de 1997-2000). Em 2000 foi nomeado Superior Provincial, cargo que tem vindo a desempenhar com dinamismo e competência. De acordo com as normas canónicas, um religioso pode desempenhar o cargo de Superior Provincial durante dois triénios seguidos. O Pe. Ornelas irá iniciar o segundo triénio a 1 de Julho de 2003. Após a nomeação do Superior Provincial, inicia-se agora o processo de consulta aos religiosos da Província para a nomeação dos quatro conselheiros que irão auxiliar o Pe. Ornelas no Governo da Província.

| Zeferino Policarpo, scj |