Print Friendly, PDF & Email

O Cônsul de Itália no Porto esteve presente, no dia 31 de Maio (sábado), nas cerimónias comemorativas dos 30 anos da criação da Paróquia Nossa Senhora da Boavista.
Esta deslocação teve como objectivo fundamental a entrega de uma condecoração do Presidente da República Italiano, Carlo Ciampi, ao pároco daquela comunidade, padre Júlio Carrara.
Italiano de nascimento (Bergamo), este é um sacerdote pertencente aos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus (ou Dehonianos), encontra-se em Portugal há 38 anos e é o pároco da Paróquia Nossa Senhora da Boavista desde a sua fundação, a 31 de Maio de 1973.
Tendo em conta o trabalho social, cultural e desportiva desenvolvido em Itália e em Portugal, o presidente Italiano resolveu distinguir Júlio Carrara com a Grande Oficial da República Italiana/Grau Estrela da Solidariedade.

Em relação ao aniversário da Paróquia Nossa Senhora da Boavista, foi no dia 31 de Maio de ano de 1973 que o então Bispo do Porto, D. António Ferreira Gomes, institui a nova Paróquia.
A zona estava em forte expansão e muitas famílias chegavam e se fixavam. Tudo isso foi providencial, porque a nova paróquia com o seu dinamismo conseguiu aglutinar os fiéis com grande espírito de comunhão e de solidariedade e formar a Comunidade Paroquial.

Quanto às cerimónias comemorativas dos 30 anos da Paróquia Nossa Senhora da Boavista, estas iniciam-se no sábado, dia 24, com um concerto que teve por tema "500 anos de polifonia italiana e portuguesa". O evento teve lugar às 21h30 e foi dirigido pelo maestro Mário Mateus. No domingo, realizou-se uma palestra com o Mestre Júlio Resende sobre os vitrais na história da arte e vitrais da igreja Paroquial de Nossa Senhora Da Boavista.

No dia 29 de Maio, quinta-feira, haverá urna vigília de oração. As celebrações do dia 31 de Maio tiveram o seu início às 16h00 com a celebração de uma solene eucaristia a que se seguirá um lanche ajantarado que será animado pelos grupos corais da Paróquia Nossa Senhora da Boavista.
É durante este último evento, pelas 18h00, procedeu-se à entrega da distinção da República Italiana.

| António Loureiro, scj |