Print Friendly, PDF & Email

O Santo Padre nomeou o Pe. Claudio Dalla Zuanna arcebispo da Beira (Moçambique), atualmente Vigário Geral da Congregação dos Sacerdotes do Coração de Jesus.

O Pe. Claudio nasceu em Buenos Aires (Argentina) a 7 de Novembro de 1958, de pais italianos. Ainda criança, veio para Itália e com a família foi viver em S. Nazário, município da província de Vicenza, pertencente à diocese de Pádua. Fez os seus estudos nas casas de formação dos Sacerdotes do Coração de Jesus. Fez os estudos iniciais e unificados em Trento e em Pádua, terminando os complementares em Monza. Fez o noviciado em Albisola Superiore onde emitiu a primeira profissão a 29 de Setembro de 1978. Em Bolonha, no Studentato delle Missioni completa os seus estudos e é ordenado sacerdote a 23 de Junho de 1984. Depois de uma breve experiência na Escola Missionaria de Pádua, a 2 de Dezembro de 1985 parte como missionário para Moçambique e aí permanece até Maio de 2003. Durante este período, exerce o cargo de superior local em Maputo de 1 de Dezembro de 1993 até a 1 de Dezembro de 1996. De 1 de Março de 1997 a 25 de Maio de 2003 è superior local da comunidade de Milevane. A 14 de Fevereiro de 1998 passa da província da Itália do Norte (ITS) à província de Moçambique (MOZ). A 18 de Abril de 2001 è nomeado primeiro conselheiro provincial. Participa no XXI capítulo geral e é eleito quarto conselheiro a 29 de Maio de 2003; é reeleito conselheiro a 27 de Maio de 2009, no XXII capítulo geral, e a 1 de Novembro de 2009 é nomeado vigário geral da Congregação.

A diocese da Beira, que o Pe. Claudio vai servir, foi ereta a 4 de Setembro de 1940 pela bula Sollemnibus Conventionibus do papa Pio XII, com território da prelatura territorial de Moçambique. Contextualmente a prelatura territorial de Moçambique foi elevada a arquidiocese com o nome de Lourenço Marques (hoje arquidiocese de Maputo) e a diocese da Beira tornou-se sua sufragânea.

A 6 de Outubro de 1954 e a 6 de Maio de 1962 cedeu porções do seu território para ereção das dioceses de Quelimane e de Tete. A 4 de Junho de 1984 foi elevada a arquidiocese metropolitana pela bula Quo efficacius do papa João Paulo II. A 19 de Novembro de 1990 cedeu outra porção do seu território para ereção da diocese do Chimoio.

A diocese tem uma superfície de 78.000 Km quadrados, com uma população de 1.422.000 habitantes; os católicos são 833.000, cerca de 58% do total; há 33 paróquias, 29 sacerdotes diocesanos, 49 membros de institutos religiosos masculinos, e 84 religiosas.

A Beira é a segunda cidade de Moçambique e capital da província de Sofala. A cidade está situada na costa do Oceano Índico perto da foz do rio Pungoè no centro do país. O porto da Beira tem enorme importância para o interior de Moçambique e mais ainda para o Malawi, a Zâmbia e o Zimbabwe que não têm acesso ao mar. Uma linha ferroviária, uma estrada e um oleoduto ligam o Zimbabwe ao porto da Beira através do chamado Corredor da Beira. (R.P.)

Rinaldo Paganelli, scj

[Mensagem do Superior Geral]