Print Friendly, PDF & Email

Após um encontro de formação de nove dias em Colmenar Viejo, Madrid, os três religiosos que se preparam para a Profissão Perpétua (Daniel, Mathias e Nuno), acompanhados pelo Pe. Paulo Coelho, continuaram a sua formação com uma peregrinação aos “lugares dehonianos”. Aí, pelos lugares onde nasceu, viveu e morreu o nosso Fundador, Padre Leão Dehon, foi possível entrar em contato direto com as raízes da Congregação e compreender melhor o alcance da obra social levada a cabo pelo Fundador.

Foram dez dias em França com uma breve passagem por Bruxelas. Em Paris e em La Capelle, tivemos o gosto de ouvir os padres Jean-Jacques (Superior Provincial da Europa Francófona) e André Conrath, que nos ofereceram uma visão sobre a pessoa, a vida e a obra do Padre Dehon, com uma leitura bastante atual e renovada da sua figura e da sua importância para a Igreja e para a sociedade.

A presença nestes lugares despertou em nós a alegria de fazer parte desta Congregação e o desejo de seguir o exemplo do Padre Dehon, quer no tocante à sua capacidade de ação em favor dos mais necessitados da sociedade – “as periferias existenciais” –, quer no tocante ao seu amor à Igreja e a entrega humilde ao serviço de Deus e da humanidade.

Agradecemos a Deus a oportunidade que nos concedeu de participar nessa peregrinação, assim como à nossa Província que nos deu esta oportunidade, sobretudo aos membros da nossa comunidade do Seminário de Alfragide, de quem nunca nos esquecemos nas nossas orações. 

 

Nuno Pacheco, scj