O quarto dia da Semana da Província – 22 de abril – pretendia colher os frutos das reflexões anteriores sobre a formação, que foram da memória até ao apontar de caminhos.

Este último dia, uma vez mais através da metodologia sinodal do “diálogo espiritual” em pequenos grupos, pretendia a elaboração de um pequeno projeto de formação permanente que possa servir de auxílio para concretizar este objetivo do programa provincial para este triénio 2021-2024.

Das muitas coisas que poderíamos destacar destes dias, talvez a mais importante seja o esforço de escuta e de partilha que a todos implicou. Tomámos consciência da absoluta necessidade de permanecer em formação. E frequentámos a aprendizagem da escuta do Espírito que nos fala nos outros.

A Eucaristia de encerramento foi presidida pelo Padre Armando Baptista que, na homilia, convidou os religiosos dehonianos a deixar-se habitar pelo Ressuscitado, num esforço de descentrar-se de si mesmos para dar o centro e o protagonismo a Cristo.

P. Ricardo Freire