No dia 25 de Março os 5 seminaristas do 10º ano do Seminário Missionário Padre Dehon, dirigiram-se juntamente com o seu educador e com o Postulante Tiago Pereira à Casa de Saúde pertencente aos Irmãos de S. João de Deus, em Barcelos, para aí passarem um “fim-de-semana solidário”.

Chegámos ao fim da tarde e, depois de termos sido introduzidos na dinâmica do hospital e na forma como nos deveríamos relacionar com os doentes, fizemos uma visita pelas diversas Unidades onde tivemos ocasião de ver de perto as características de cada uma delas, do hospital em geral e do grande trabalho que aí é feito junto dos doentes.

De seguida os seminaristas foram divididos em dois grupos que prestaram um pouco de assistência na Unidade de S. José e de Santo António.

O primeiro contacto com os doentes foi uma experiência difícil. Foi um encontro com uma realidade que escapa ao nosso mundo, porque é muitas vezes escondida e que, no entanto, continua a fazer parte dele.

Com o passar do tempo, os rostos que inicialmente pareciam anónimos, foram ganhando nome e as suas histórias foram ajudando-nos a valorizar e grandeza interior que seescondia atrás de cada doente. A pouco e pouco os doentes foram-se tornandofamiliares. Um aperto de mão, um sorriso, uma palavra eram provas da estima que se começava a criar mesmo depois de um relacionamento tão curto.

Com o dia 27 de Março chegou também a hora de regressarmos à nossa vida quotidiana e aosnossos deveres. Tivemos de deixar aqueles espaços e aquelas pessoas para voltarmos ao nosso Seminário. Porém, não voltámos da mesma forma. Viemos mais agradecidos por termos sido úteis aos outros e por termos tido a ocasião de ver em pessoas tão frágeis, como são os doentes, o rosto do próprio Deus.

João Pereira, scj