No dia 7 de Março, Segunda-feira de Carnaval, a comunidade religiosa residente no Seminário Missionário Padre Dehon, juntamente com o Diácono Nuno residente na Obra ABC, fez-se à estrada para um dia de passeio comunitário, tendo como destino a bela cidade de Chaves.

Pelo caminho tivemos a oportunidade de parar em Vidago para uma breve pausa. Aproveitámos para admirar a antiquíssima igreja românica que ostenta nos seus portais imagens medievais muito expressivas gravadas na pedra. Vimos ao longe o Hotel Termal com todo o seu requinte e visitámos uma pequena ermida, situada no cimo de Vidago, cuja subida se revelou um autêntico Calvário, quer para os mais velhos, quer para os mais novos…

Já em Chaves pudemos visitar a zona histórica com o seu castelo rodeado de jardins, pedras e canhões, a praça principal, e a Igreja da Misericórdia. Sendo já horas de maior calor, começámos a explorar o casario da cidade à procura de um tasco à volta do qual pudéssemos retemperar as nossas forças. E eis que foi ali mesmo à beira do rio Tâmega, com a sua resistente ponte milenar, que partilhamos o nosso “lanche”…

Depois de termos visitado um pouco melhor a cidade de Chaves partimos de imediato para Montalegre, embora o nosso ilustre pároco quisesse mergulhar nas quentes águas termais…

Em Montalegre fomos recebidos pelo imponente castelo que domina toda a cidade. Pudemos apreciar a imensidão da paisagem e a pacatez daquele lugar cheio de histórias, lendas e heróis.

Já na viagem de regresso ao Porto, parámos na grande barragem do Alto de Rabagão para podermos admirar o enorme lençol de água que a barragem sustenta e sentir a paz e o silêncio que impressionam quem quer que passe por ali.

Ao final do dia lá chegámos ao nosso Seminário felizes por termos vivido mais um dia de fraternidade e por termos contemplado a beleza de tantos lugares que o nosso país esconde.

Nélio Simões, scj