Print Friendly, PDF & Email

▬ Assim se intitulou o primeiro acantonamento de formação e convívio do grupo dos seminaristas mais velhos (10º, 11º e 12º anos) do Colégio Missionário. No fim-de-semana de 13, 14 e 15 de Novembro saímos da nossa habitual casinha e fomos instalar-nos na casa paroquial da Tabua, Ribeira Brava, que o Pe. Jony teve a amabilidade de nos ceder.
Logo na sexta-feira houve tempo para dois exercícios de reflexão sobre a vocação de Simão, isto é, sobre a forma súbita e arrebatadora como Jesus lhe destinou a sua missão: elegendo-o, mudando-lhe o nome e enviando-o. Cada um recebeu uma pulseira com uma pedra branca (cf. Ap 2, 17) à qual foi acrescentando outras contas ao longo do fim-de-semana. Depois, houve pizza para o jantar e um longo serão de jogos e paleio.
No sábado saímos cedo, com o propósito de ir passear pela Levada do Lombo do Mouro. Todavia a chuva alterou-nos os planos e acabámos por nos dirigir para o Norte da ilha. Paramos ao longo do passeio três vezes: na capelinha de Nossa Senhora de Fátima (S. Vicente), na foz da Ribeira de S. Cristóvão (Boaventura) e na igreja de Ponta Delgada. Em cada paragem os seminaristas foram convidados a imaginar, como exercício de discernimento, com detalhe e pormenor, primeiro o seu próprio Funeral, depois o seu Casamento e, por fim, a sua Primeira Profissão Religiosa. Regressados a casa celebramos a Eucaristia familiarmente, durante a qual partilhamos aquilo que, para cada um, o exercício teve de mais profundo e também de mais caricato! À noite fomos até à Vila da Ribeira Brava, ver a selecção jogar, e depois voltámos para mais convívio e descanso.
No Domingo celebrámos a Eucaristia com a Comunidade Cristã da Tabua e, como o tempo estava de chuva, ficamos por casa. Vimos um filme, voltámos a jogar Monopólio e Risco e preparámos o almoço e a sobremesa! Voltámos ao seminário ao fim da tarde para começar a semana seguinte. Ficou o exercício de discernimento começado, para agora ir sendo desenvolvido e aprofundado.
Para além desta actividade o grupo do secundário tem outras duas agendadas para este ano lectivo, uma das quais no Porto, por altura do Encontro Ibérico de Taizé.

» Emanuel Vítor, scj