V DOMINGO DA PÁSCOA – ANO B

Do Evangelho segundo S. João (15, 1-8)

Naquele tempo,
disse Jesus aos seus discípulos:
“Eu sou a verdadeira vide e meu Pai é o agricultor.
Ele corta todo o ramo que está em Mim e não dá fruto
e limpa todo aquele que dá fruto,
para que dê ainda mais fruto.
Vós já estais limpos, por causa da palavra que vos anunciei.
Permanecei em Mim e Eu permanecerei em vós.
Como o ramo não pode dar fruto por si mesmo,
se não permanecer na videira,
assim também vós, se não permanecerdes em Mim.
Eu sou a videira, vós sois os ramos.
Se alguém permanece em Mim e Eu nele,
esse dá muito fruto,
porque sem Mim nada podeis fazer.
Se alguém não permanece em Mim,
será lançado fora, como o ramo, e secará.
Esses ramos, apanham-nos, lançam-nos ao fogo e eles ardem.
Se permanecerdes em Mim
e as minhas palavras permanecerem em vós,
pedireis o que quiserdes e ser-vos-á concedido.
A glória de meu Pai é que deis muito fruto.
Então vos tornareis meus discípulos”.

“Quem permanece em Mim e Eu nele dá muito fruto”. Na linguagem dos Profetas, a “videira” e a “vinha” eram símbolos do Povo de Deus. Israel era a “videira” que Deus arrancou do Egipto, transplantou para a Terra Prometida e da qual cuidou com amor; era também “a vinha”, que Deus plantou com cepas escolhidas, cuidou atentamente e da qual esperava abundantes frutos. Mas Israel só produziu frutos amargos. A antiga “videira” ou “vinha” de Deus revelou-se uma desilusão.
Agora, Jesus apresenta-Se como a verdadeira “videira” plantada por Deus, e que irá produzir os frutos que Deus espera. D’Ele, irá nascer um novo Povo de Deus. E Deus continuará a ser o agricultor, que escolhe as cepas, as planta e cuida delas.
Os discípulos são os “ramos”. Unidos à “videira”, que é Jesus, podem viver e produzir frutos bons e abundantes. Para isso, devem “permanecer” em Jesus, comendo a sua carne e bebendo o seu sangue, isto é, comungando na sua vida e na sua morte. Se o discípulo assim se mantiver, Jesus também permanecerá nele, continuando a oferecer-lhe a vida.

Senhor, que os fiéis da santa Igreja permaneçam unidos a Ti e deem frutos para glória de Deus Pai.

Pensamento do Padre Dehon

Permaneçamos unidos à videira. O agricultor corta da videira os ramos mortos e aqueles que não dão frutos. Limpa os sarmentos que dão frutos, para que produzam ainda mais. (ASC 457).

plugins premium WordPress