CANTO DE EXPOSIÇÃO DO SANTÍSSIMO

INTRODUÇÃO

A nossa vocação reparadora é estímulo para o nosso apostolado (Cst 23). Nós trabalhamos no mundo inteiro, às vezes nas situações mais difíceis e complexas, para reparar o mal presente e transformá-lo com a luz e a força do Evangelho.
A vida de reparação é frequentemente vivida na oferta dos sofrimentos acolhidos com paciência e abandono, também na obscuridade e na solidão, como uma comunhão eminente e misteriosa com o sofrimento e a morte de Cristo para a redenção do mundo (Cst 24).

Escutai a Palavra de Deus, da Carta do Apóstolo São Paulo aos Colossenses (Col 1,21-28)

Também a vós, que outrora andáveis afastados e éreis inimigos, com sentimentos expressos em acções perversas, agora Cristo reconciliou-vos no seu corpo carnal, pela sua morte, para vos apresentar santos, imaculados e irrepreensíveis diante dele, desde que permaneçais sólidos e firmes na fé, sem vos deixardes afastar da esperança do Evangelho que ouvistes; ele foi anunciado a toda a criatura que há debaixo do céu e foi dele que eu, Paulo, me tornei servidor. Agora, alegro-me nos sofrimentos que suporto por vós e completo na minha carne o que falta às tribulações de Cristo, pelo seu Corpo, que é a Igreja. Foi dela que eu me tornei servidor, segundo a missão que Deus me confiou para vosso benefício: levar à plena realização a Palavra de Deus, o mistério escondido ao longo das gerações e que agora Deus manifestou aos seus santos. Deus quis dar-lhes a conhecer a imensa riqueza da glória deste mistério entre os gentios: Cristo entre vós, a esperança da glória! É a Ele que anunciamos, admoestando e ensinando todos e cada homem com toda a sabedoria, para apresentar a Deus todos os homens na sua perfeição em Cristo.

Silêncio para reflexão pessoal e para adoração
 

PRECES

Refrão: Kyrie, Kyrie eleison.

– Rezemos pelos nossos confrades idosos e doentes.
– Pelos confrades missionários que trabalham em situações difíceis e arriscadas.
– Pelos que sofrem perseguição por causa da fé cristã.
– Pelos confrades que lutam ao lado dos mais pobres, pela defesa dos seus direitos.
– Pelos que são solidário com oi mais pequenos, os humildes e os pobres, dando-lhes uma prova de amizade evangélica.
– Pelos que se empenham na instauração do Reino da justiça e da caridade cristã nas sociedades.
– Pelos que vivem dificuldades pessoais ou conflitos comunitários.

Outras intenções espontâneas…

Senhor Jesus Cristo,
rico de misericórdia e de perdão,
que quiseste assumir a nossa natureza humana
para nos sustentar por entre as dificuldades da vida
com o exemplo da tua humildade e da tua paciência,
ajuda-nos a guardar os benefícios da nossa redenção
e a completar na nossa carne o que falta aos teus sofrimentos
para bem da Igreja e salvação do mundo
Tu que vives e reinas pelos séculos dos séculos.
Ámen.
 

CÂNONE DE TAIZÉ

O Senhor é a minha força…