Print Friendly, PDF & Email

Este é um mês especial para os Sacerdotes do Coração de Jesus. É dedicado ao Coração de Jesus e, por isso, apela-nos a espiritualidade do Coração de Jesus, que, como o Padre Dehon diz, é a fonte de todas as graças, do amor, da eucaristia.

No dia 7, primeiro domingo deste mês, a comunidade foi a Fátima participar na Peregrinação da Família Dehoniana que se realiza todos os anos, envolvendo os membros da Congregação e os leigos a ela ligados. Foi um dia de oração, convívio e de confraternização com quem conhece mais de perto a nossa espiritualidade.

Aproximava-se o dia da Solenidade do Coração de Jesus e, por isso, no dia 10, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades, aproveitámos o feriado e da parte da manhã preparámos a nossa casa para a festa. Da parte da tarde, mais em clima de passeio, o noviço e o Pe. José Armando foram conhecer mais uns cantinhos deste Portugal. Visitámos a aldeia de Piódão, a Foz da Égua e a Fraga da Pena. Como Portugal tem coisas tão belas!

Por último, mas mais importante, tivemos a Festa do Sagrado Coração de Jesus, titular da Congregação. Foi na Sexta-feira dia 12 de Junho.

Connosco, presidindo à Eucaristia esteve o nosso Bispo, D. António Moiteiro. Louvaram connosco na Eucaristia e confraternizaram à mesa um bom número de padres do Arciprestado bem como alguns diáconos. Na Eucaristia estiveram também presentes alguns amigos e vizinhos.

Depois da missa houve o almoço de festa. No fim, o Pe. Armando agradeceu a presença de D. António, dos padres e dos diáconos. Por sua vez, o arcipreste, Pe. José Manuel, agradeceu à Comunidade, em nome dos padres, o acolhimento que fazem ao longo do ano nas reuniões do arciprestado, a forma acolhedora e o clima de amizade.

Assim foi a celebração, simples, bela e profunda da Solenidade do Coração de Jesus, que deve ser o centro da nossa vida, que nos une cada vez mais a Jesus. 

Filipe André, noviço