Ocorreu no passado Sábado, dia 29 de Setembro, no Colégio Infante D. Henrique a sessão solene de abertura do novo ano lectivo que contou com quatro momentos distintos.

Sendo um Colégio católico e dehoniano, não havia melhor modo de começar este dia senão à volta da mesa da Eucaristia que foi bastante participada, tanto pelos pais como pelos alunos e funcionários. Nela foi possível entregar nas mãos do bom Deus toda a actividade que será desenvolvida ao longo do ano, e pedir que todo o esforço e dedicação dê frutos abundantes. A Eucaristia foi presidida pelo Pe. José Alcindo Sousa, que fez o seu estágio de vida religiosa neste Colégio entre os anos de 1992 e 1994 e agora é membro da comunidade do Colégio Missionário. Na homilia salientou que ninguém vive para si mesmo e que, por isso mesmo, faz todo o sentido viver dia-a-dia o lema do Colégio para este novo ano lectivo: “Vive o que aprendes, partilha quem és”.

Seguiu-se a sessão solene de abertura do ano lectivo pelo Director do Colégio, Pe. José Augusto Cancela. No seu discurso falou das dificuldades que irão marcar todo este ano, fruto da actual crise financeira internacional, e mostrou-se solidário para com as famílias. Pediu o apoio dos pais na sua missão enquanto primeiros educadores dos filhos apelando-os a um maior acompanhamento da vida académica e a um contacto mais frequente com os professores.

Também o presidente da Associação de Pais dirigiu-se aos presentes com um breve discurso, onde manifestou total confiança na qualidade da formação que este Colégio oferece a todos os seus alunos, e que se manifesta na qualidade de antigos alunos que exercem actualmente, na sociedade civil, cargos de grande responsabilidade, assim como a boa preparação intelectual, moral e religiosa de cada aluno que por aqui passa.

Terminado este momento os alunos seguiram para as salas de aulas acompanhados pelos pais, onde tiveram um pequeno encontro/reunião com os professores titulares e directores de turma. Além de algumas informações oportunas, foi-lhes entregue o Anuário do Colégio.

Finalmente, alguns docente e não decentes reuniram-se para um momento de convívio onde, num clima fraterno e sadio, foi possível trocar algumas impressões deste recomeço de aulas.

 

Nuno Pacheco, scj