Print Friendly, PDF & Email

No passado dia 15 de Março, a Comunidade do Centro Dehoniano alegrou-se com a admissão de quatro novos Postulantes da Província Portuguesa dos Sacerdotes do Coração de Jesus (Dehonianos): o Luís Miguel, o João Paulo, o Carlos Araújo e o Daniel de Matos.

Ao longo dos últimos meses este jovens "bateram à porta" desta Congregação e agora fazem-no de uma forma mais convicta como Postulantes. Foram muitos os motivos e as esperanças que os trouxeram até aqui: o encontro mais pessoal com Jesus Cristo, o relacionamento interpessoal, a partilha de vida, a vocação e a missão.

O rito de admissão ao Postulantado inseriu-se na celebração de Vésperas, presidida pelo Superior Provincial, Pe. Zeferino Policarpo, e decorreu no Centro Dehoniano (Porto). A comunidade contou com a presença dos confrades, de alguns dos seminaristas do Seminário Missionário Padre Dehon, do noviço de Aveiro e dos familiares, que constituem para eles escola e sinal vivo do amor de Deus.

Após a admissão dos novos Postulantes a tarde continuou com um momento de confraternização acompanhado de um lanche. O dia terminou com a oração das completas, dando graças por este passo importante na caminhada ao encontro da vontade de Deus para as suas vidas.

“Não fostes vós que me escolheste, fui eu que vos escolhi” (Jo 15, 16), foi a frase que os Postulantes tomaram como inspiração para esta caminhada que agora iniciam. Dizia o Papa Francisco, na homilia aos seminaristas e noviços em Roma: “Os trabalhadores para a messe não são escolhidos através de campanhas publicitárias ou apelos ao serviço da generosidade, mas são «escolhidos» e «mandados» por Deus. É Ele que escolhe, é Ele que manda; sim, é Ele que manda, é Ele que confere a missão. Por isso é importante a oração". Assim também, com a convicção de terem sido escolhidos por Deus para a consagração, estes Postulantes iniciaram o caminho nesta Congregação.

 

 

Luís Miguel e Carlos Araújo, Postulantes SCJ