Na semana passada, nos dias 23 a 27 de Julho, os Seminaristas do Colégio Missionário Sagrado Coração (Funchal) fizeram a sua semana de “Férias no Seminário”.

Foram dias que aproveitámos para passear, conviver, rezar e conhecer melhor a beleza da nossa Pérola do Atlântico, a Ilha da Madeira.

No dia 23 de Julho, logo pela manhã, fizemos a caminhada do Rabaçal até às 25 Fontes. Foram 10 km de caminhada pelo interior da ilha, onde pudemos apreciar a beleza da natureza, as paisagens e a flora endémica da Ilha da Madeira. Almoçámos na Fonte do Bispo entre vacas e bois que estavam a pastar e na parte da tarde demos uns mergulhos nas famosas piscinas naturais do Porto Moniz. São famosas porque na semana passada foram declaradas entre as 10 melhores piscinas naturais de todo o mundo.

No dia 24 de Julho foi dia de descanso na praia da Calheta. Como estávamos doridos do dia anterior, aproveitámos para relaxar nesta praia de areia importada do Deserto do Sahara. Da parte da tarde, tempo de descanso no Seminário e no fim do dia participámos na Vigília de Oração pelas Vocações na Igreja Paroquial do Porto da Cruz, Paróquia do nosso neo-sacerdote Pe. Flávio Gouveia. Terminámos o dia com um saboroso gelado na praia de Machico.

No dia 25 de manhã, os seminaristas juntamente com o Pe. Roberto Viana, o Irmão Agostinho, o Pe. Eduardo Pereira e o David Mieiro, estes últimos dois de visita à Madeira por ocasião da Ordenação Sacerdotal do Pe. Flávio Gouveia, partiram rumo ao Caniçal para uma nova caminhada até ao extremo leste da Ilha da Madeira, o Cais do Sardinha e a Ponta de São Lourenço… Segundo os seminaristas foi uma caminhada cansativa (8 km a subir e a descer) mas que valeu a pena pelos mergulhos dados nas águas cristalinas e frescas do Cais do Sardinha. Da parte da tarde aproveitámos para mostrar aos nossos visitantes, Pe. Eduardo Pereira e David Mieiro, a nossa bela Ilha.

No dia 27 de Julho participámos na Ordenação Sacerdotal do Pe. Flávio Gouveia na Catedral do Funchal Os seminaristas acolitaram e para a maior parte deles foi a primeira vez que participaram numa Ordenação Sacerdotal. Após o almoço-convívio no Colégio Missionário os seminaristas regressaram às suas casas para continuarem as suas “legítimas e merecidas” férias em família.

Roberto Viana, scj